Branding para restaurantes: o que é, por que é importante?

branding para restaurantes

Você já ouviu falar em branding para restaurantes? Trata-se de todo o trabalho que pode ser realizado para fazer que a marca do estabelecimento seja mais conhecida e positiva perante os públicos que deseja atingir.

Para você ter uma pequena ideia da sua importância: o Grupo Madero com 12 anos de atuação no mercado já conseguiu 112 pontos de venda e um faturamento de R$ 510 milhões até o final de 2017. Incrível, concorda? Tudo isso só foi possível após o investimento em branding.

Isso porque o branding envolve todo o trabalho de desenvolvimento de identidade visual da marca, a forma como ela interage com a clientela nas redes sociais, o padrão de atendimento adotado pelos funcionários do restaurante e outros.

Neste post, explicamos o que é branding e como ele pode ser aplicado em um estabelecimento do ramo alimentício, quais são as suas vantagens e quais os principais tipos de estratégias que podem ser adotadas no negócio.

Ficou interessado nessas informações? Então continue aqui conosco e confira os tópicos a seguir. Boa leitura!

O que é branding e como ele pode ser aplicado em restaurantes?

A palavra branding é originária da língua inglesa e significa gestão de marca. Ou seja, para entender como desenvolver uma estratégia desse tipo é necessário compreender o que é uma marca. Ela não é apenas o nome ou o logotipo da empresa, embora esses componentes sejam muito importantes.

Por isso, é muito importante escolher um bom nome para a marca. Não pode ser um nome difícil ou complicado. O ideal é fazer uma pesquisa de palavra-chave para ter ideias que fomentem a escolha.

Assim, você sabe exatamente o que o consumidor pesquisa na internet e, consequentemente, tem grandes chances de sucesso. Confira algumas regras gerais para escolher um bom nome:

  • escolha algo que faça sentido;
  • opte por um nome curto;
  • ele deve ser fácil de escrever e pronunciar;
  • dê preferência a algo diferente, notável e familiar.

Assim, tudo aquilo que remete à empresa faz parte do conceito de marca: o nome escolhido, o logotipo e as cores utilizados na identidade visual, a maneira como os integrantes da equipe interagem com os clientes, o tipo de discurso adotado nos canais de comunicação (inclusive nas páginas nas redes sociais) são, entre outros, elementos que compõem a marca.

Para desenvolver o branding, é preciso alinhar tudo isso e adotar a mesma linguagem e os mesmos preceitos em todos os itens que envolvem o conceito. É isso que permite criar uma identidade própria, que transmita uma atitude positiva para o público.

Quais são as principais vantagens do branding para restaurantes?

Entre outros aspectos, uma das principais vantagens que um restaurante tem ao investir em branding é a diferenciação em relação à concorrência. Pense, por exemplo, no McDonald’s: o que o faz ser tão popular e ter a preferência do público? A resposta está no branding.

A gigante do ramo de fast food usa suas cores tanto na fachada das lojas quanto nos materiais publicitários. Com isso, sempre que alguém avista seu logotipo, em qualquer lugar do mundo, sabe que ali está uma lanchonete da franquia.

Além disso, todos os funcionários utilizam um mesmo uniforme e são orientados a adotar a mesma postura no atendimento aos clientes. E mais: a estrutura física dos restaurantes segue um padrão, de modo que o leiaute das lanchonetes é sempre familiar em qualquer local.

Tudo isso é branding: os gestores de marca do McDonald’s fazem um excelente trabalho de marketing nesse sentido. Isso cria no consumidor uma sensação semelhante em qualquer lanchonete da empresa que ele visite.

Como desenvolver uma estratégia de branding no restaurante?

Agora, você deve estar pensando que o McDonald’s tem uma excelente estrutura, com uma grande equipe de marketing e que desenvolver um branding como o da empresa é impossível para o seu restaurante.

Felizmente, isso não é verdade! Com trabalho árduo, qualquer organização pode desenvolver uma estratégia de branding bem-sucedida.

Pode ser que seu restaurante não se torne uma rede conhecida mundialmente como o McDonald’s, mas fazê-lo ser mais conhecido, respeitado e, por que não, amado em sua cidade ou região de atuação está totalmente ao seu alcance.

Para que você saiba como desenvolver o branding de seu restaurante, preparamos algumas dicas. Confira a seguir!

Tenha uma cultura organizacional bem desenvolvida

A cultura organizacional corresponde à missão, à visão e aos valores que uma empresa tem e nos quais ela, como organização, acredita. Ao desenvolver uma estratégia de branding, é essencial que o restaurante tenha como alicerce os valores que fazem parte da sua cultura, pois somente assim ela será verdadeira e transparente.

Conte com o apoio dos funcionários

Explique aos funcionários sobre a importância do branding e como ele pode contribuir para o crescimento do restaurante. Para que eles compreendam isso na totalidade, é importante sempre fazer treinamentos internos e criar um padrão de atendimento a ser seguido pela equipe.

Tenha uma identidade visual bem definida

A comunicação visual é muito importante em uma estratégia de branding. Por isso, é preciso que o restaurante tenha um logotipo bem desenhado e alinhado àquilo em que a marca acredita. Além disso, é essencial adotar um padrão de cores, grafismos e tipografia para utilizar nos materiais do restaurante, como cardápios, fachada, site, folders, páginas nas redes sociais e afins.

Aposte na inovação

Para criar algo que possa diferenciar o restaurante dos concorrentes, é preciso apostar na inovação. Pode-se, por exemplo, desenvolver um prato exclusivo e assim garantir que os clientes sejam fisgados pelo paladar. Esse diferencial é importante, pois os consumidores vão saber que só em seu estabelecimento podem encontrar esse prato exclusivo e saboroso.

Esteja presente nas redes sociais

Adotar uma estratégia e uma personalidade nas redes sociais é muito importante para o branding. Afinal, nos dias atuais, boa parte dos relacionamentos ocorre on-line.

Por isso, não basta criar perfis no Facebook ou no Instagram e incluir uma publicação apenas vez ou outra e sem compromisso. É preciso tornar esse trabalho profissional, com conteúdo interativo, de qualidade e que traga informações interessantes para o público.

Valorize as experiências do consumidor

Quando alguém vai até o restaurante, precisa ter o entendimento de que não vai apenas para comer e saciar uma necessidade fisiológica humana, mas para ter uma experiência agradável e positiva com amigos e familiares ou até mesmo sozinho.

Para que ele possa realmente vivenciar isso, é crucial que o local ofereça uma excelente infraestrutura, opções diferenciadas de lazer, um atendimento excelente, limpeza e organização, e assim por diante.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o branding para restaurantes, basta colocar tudo o que aprendeu em prática no seu negócio. Para isso, você pode contar com o nosso apoio! Entre em contato conosco e conheça os nossos cursos.