A importância do marketing digital para masterchefs

marketing digital para masterchefs

Quando falamos de marketing digital para masterchefs, nos deparamos com um primeiro fato: a experiência gastronômica começa antes mesmo do início do preparo da refeição. Todo contexto do chef, gastrólogo, restaurante ou bar é relevante para que o cliente consiga apreciar a comida e, preferencialmente, tornar-se fiel à sua marca.

O número de profissionais do ramo da gastronomia vem crescendo bastante. Hoje, aproximadamente 10 mil alunos ingressam, anualmente, nas faculdades do país no intuito de se tornarem profissionais da cozinha. O número retrata um mercado que é cada vez mais valorizado e, consequentemente, disputado.

Saiba que até os melhores chefs do país, além da experiência e do conhecimento prático e teórico, têm uma marca estruturada e uma forte presença online — seja intensificando seu nome, seja posicionando seus restaurantes. Isso é indispensável para manter-se vivo na profissão, gerar autonomia e agregar valor aos pratos desenvolvidos.

Para estruturar sua presença online, de início, é importante conhecer cada detalhe do ambiente interno do seu negócio, como os pratos, capacidade de produção e atendimento. E também o cenário externo, como as tendências de consumo, perfil do público-alvo e os canais em que seu consumidor está presente.

Neste post, falaremos sobre a importância do posicionamento e do marketing pessoal para chefs na gastronomia. Acompanhe!

Planeje sua estratégia

O primeiro passo do marketing digital para masterchefs é desenvolver uma estratégia para o seu posicionamento no ambiente online, visto que isso pode, inclusive, aumentar sua renda. Logo, você deve fazer um planejamento que envolve a análise de alguns cenários.

Mercado

A análise do mercado permite uma compreensão mais concreta sobre o posicionamento atual e o futuro da sua marca. Você pode analisar os seguintes âmbitos:

  • força: é uma análise interna, que envolve o reconhecimento do seu maior diferencial diante da concorrência;
  • oportunidade: referente às possibilidades de expansão, tendências e hábitos de consumo;
  • fraqueza: diz sobre as limitações que seu negócio tem e as necessidades de melhoria;
  • ameaça: engloba o entorno do seu negócio (a concorrência, o local, a economia etc.).

Consumidores

Essa análise retrata o que seu negócio pode oferecer e que gere valor na visão do público. Assim, você conseguirá entender o que seus clientes gostam (ou não) e quais são as maiores carências do mercado, a fim de construir um diferencial competitivo diante da concorrência.

Objetivo

No marketing digital para masterchefs ou para qualquer outro segmento, é essencial definir os objetivos ao estruturar a estratégia. No seu caso, eles podem ser o posicionamento em alguma especialidade gastronômica, o reconhecimento da sua marca no mercado de atuação ou o aumento do número de clientes, por exemplo.

Apresente-se no mercado

Apresentar-se no mercado e na praça de atuação é fundamental para despertar interesse do público. Para isso, você pode estruturar alguns passos.

Entenda seu diferencial competitivo

Questione-se, inicialmente, o que levaria os consumidores a degustarem seu cardápio — algum diferencial em relação aos demais profissionais. Essa compreensão ajudará você a entender o que é mais relevante para o público: sua área de especialização, os tipos de restaurante que já atuou, o tempo de experiência etc..

Crie sua marca

Esse é um fator determinante para posicionar-se na mente dos consumidores. A criação da marca passa pela definição do nome, escolha das cores, elementos visuais, tipografia e, por fim, até o desenvolvimento de um slogan que poderá acompanhar sua assinatura nos conteúdos da internet.

Estruture seus canais de marketing digital

No processo de definição da estratégia de posicionamento online, determine os canais em que haverá compartilhamento de conteúdo. Seu cardápio pode ser divulgado no Facebook, Instagram ou WhatsApp Business, por exemplo. Ou, você pode compartilhar conteúdos relevantes em formato de vídeo por meio do YouTube ou Vimeo.

Explore o poder das redes sociais

Ao adotar estratégias de redes sociais, o primeiro passo é entender em quais delas seus consumidores se engajam melhor. Para isso, você pode fazer pesquisas e experimentos a fim de identificar quais geram retornos mais satisfatórios e promovem mais interatividade com o público.

No entanto, alguns dados podem nos ajudar a compreender melhor esse cenário. Hoje, o brasileiro passa aproximadamente nove horas diárias conectado à internet, e mais de três horas e meia só nas redes sociais, sendo um dos países com a média mais alta do planeta, atrás somente das Filipinas.

O Facebook ainda é a rede social mais utilizada no país, em que 94% dos usuários de redes sociais estão presentes. Na sequência, o Instagram é a segunda com mais engajamento dos brasileiros, e 57% dos usuários têm uma conta nessa rede. São dados muito relevantes para o cenário gastronômico, pois essas plataformas potencializam e incentivam o compartilhamento de imagens e vídeos — formatos ideais para promover experiências e novidades culinárias.

O compartilhamento de conteúdos de vídeo é uma tendência, porque o usuário busca consumir informações de forma ágil e rápida, o que reforça o poder da função Stories no Instagram e a necessidade de construir conteúdos para o YouTube ou Vimeo. O WhatsApp Business é outra forte tendência. Como o aplicativo foi aderido por mais de 100 milhões de usuários no Brasil, a versão empresarial promete fortalecer o relacionamento do público com as marcas.

Independentemente das redes sociais que serão trabalhadas, é fundamental desenvolver conteúdos de qualidade, capazes de agregar valor à sua marca e fornecer informações relevantes aos seguidores. Essa prática transmite autoridade sobre o assunto e, principalmente, aguça o paladar das pessoas.

Marketing Digital para Iniciantes

Pense no marketing pessoal

Engana-se quem pensa que a vida de um masterchef é repleta de glamour. Os eventuais reconhecimentos, seja por alguns segundos de fama na TV, seja em outro canal de comunicação, são acompanhados de um trabalho pesado com fogo e panelas — e é isso que constrói o verdadeiro poder do profissional.

Entretanto, o trabalho de todo chef deve ser divulgado de maneira consciente para conquistar, frequentemente, novos clientes e mantê-los engajados e fiéis aos seus pratos. Por isso, desenvolva o marketing pessoal aliando-o ao digital. Crie sua marca própria e trabalhe sua imagem no ambiente online ofertando conteúdos e compartilhando a sua rotina de trabalho para conquistar e engajar as pessoas.

Além de desenvolver o perfil nas suas redes sociais, tenha um site próprio com dados importantes para os clientes, como horário de funcionamento e localização. Até mesmo para compor a página, apresente sua especialidade na cozinha e o cardápio que você desenvolve.

Tenha uma identidade visual preparada para aplicar em todas as peças da sua estratégia de marketing digital, como site e redes sociais. Defina também um padrão de tom de linguagem que será utilizado para interagir com o público, priorizando por uma linguagem natural, compatível com o que você trabalha com seus clientes no dia a dia.

No processo de construção do seu marketing pessoal, também é fundamental desenvolver bons relacionamentos com seus clientes, e isso acontece em toda etapa de interação que o consumidor tem com você. Então, destaque seu diferencial, ofereça o que o cliente busca e entregue valor.

Venda experiência de consumo

Ao buscar por um prato preparado por um profissional qualificado, o consumidor não quer apenas saciar a fome, mas sim uma experiência gastronômica. Isso envolve todos os bastidores do preparo daquela refeição, como a escolha dos ingredientes e a técnica culinária.

A tarefa de aguçar o paladar do consumidor começa ainda na internet, em que você pode oferecer conteúdos mostrando todo o processo de preparo e os seus cuidados com cada receita. Além disso, o prato pode vir carregado com alguma história — pessoal, de um lugar específico ou de uma referência relevante. Assim, você pode trabalhar o encantamento explicando o porquê de oferecê-lo no seu cardápio.

Os ingredientes também podem ser explorados nessa experiência de consumo, ao explicar sobre a procedência de cada um deles. Outra abordagem pode ser os valores nutricionais desses produtos, ou as razões que levam você a trabalhar com eles. Tudo isso pode envolver o consumidor e despertar o interesse em conhecer mais sobre seu trabalho.

O marketing digital para masterchefs é uma realidade fundamental para o mercado gastronômico, uma vez que a experiência de consumo começa muito antes do preparo do prato. Por isso, para se manter e crescer no mercado, é necessário nutrir um posicionamento online e relacionar-se com os consumidores.

Viu só a importância do marketing digital para masterchefs? Que tal começar a sua estratégia para conseguir posicionar seu negócio e potencializar suas vendas? Entre em contato conosco agora mesmo. Estamos à disposição para ajudar você!